Por que os idosos caem?

Entenda porque os idosos caem mesmo que sejam ativos

Você sabia que pode estar sujeito a uma queda a qualquer momento mesmo que você seja ativo e faça caminhadas diárias?

Para exemplificar melhor, eu vou contar para você o que eu ouvi recentemente na rádio CBN: um senhor de 85 anos, praticante de caminhadas diárias, começou a cair frequentemente e parou de fazer a caminhada, porque estava com medo de cair de novo. Ele deve ter pensando: “Puxa! Eu sou tão ativo e agora comecei a cair!”

Então, ele ligou para a rádio para perguntar ao especialista do dia por que ele vinha caindo durante a sua atividade e o que poderia ser feito para evitar as quedas.

E esse questionamento, com certeza, deve ser o de muitos idosos que mesmo fazendo caminhadas acabam caindo.

Como aquela pergunta do idoso ativo ficou comigo por muitos dias, e eu sei que é uma grande preocupação e um problema real, eu decidi falar sobre por que os idosos caem.

Bem. Você precisa saber primeiro que o maior medo de um idoso ao cair, e talvez seja o seu também, é: DEPENDER DE ALGUÉM!

Uma pesquisa recente revelou que 80% das pessoas idosas preferiam morrer a enfrentar a perda de independência e da qualidade de vida.

O fato é que as quedas podem ser evitadas, claro. Mas você sabe qual a causa delas? Não? Então, eu vou explicar agora:

O envelhecimento contribui para o problema

Envelhecer: a grande maioria da população vai passar por isso. E o processo de envelhecimento traz consigo alguns inconvenientes como:

  • Perda da força muscular;
  • Doenças que afetam a visão;
  • Alterações neurológicas e sensoriais;
  • Doenças cardiovasculares e cognitivas (Alzheimer e Parkinson);
  • Problemas relacionados ao uso de medicações.

E junto com tantos PROBLEMINHAS vem as CONSEQUÊNCIAS e uma delas é a QUEDA! E com ela, as implicações que nenhum idoso gostaria de ter :

  • Ferimentos;
  • Trauma craniano;
  • Fratura;
  • Hospitalização;
  • Incapacidade física.

Para você ter ideia da gravidade de uma queda para um idoso, ela é a segunda causa de morte perdendo apenas para acidentes de trânsito.

E mais…

  • 10% dos idosos que caem sofrem ferimentos;
  • 50% ficam internados.

Se você precisa de alguém para ajudar em alguma atividade, saiba que o risco de quedas aumenta em 38%.

E o pior é que quando você cai a primeira vez, fica com medo de cair novamente, concorda? E esse medo aumenta ainda mais o risco de queda. É um ciclo vicioso e perigoso!

Agora, eu vou mostrar a você quais são os principais fatores de risco que podem causar quedas. Confira!

Principais situações que favorecem a queda de idosos

  • Histórico de quedas nos últimos seis meses;
  • Dificuldade para se levantar da cadeira sozinho;
  • Dificuldade para girar 360º;
  • Caminhada lenta (mais de 1seg parar percorrer 1 metro);
  • Uso de acessórios para caminhar (bengala, andador etc.);
  • Dificuldade para realizar atividades da vida diária como as tarefas domésticas e de higiene pessoal;
  • Problemas de visão;
  • Artrite;
  • Doenças neurológicas;
  • Uso de medicações antidepressivas, anti-hipertensivas e diuréticas;
  • Ambiente domiciliar com presença de tapetes, muitos móveis e obstáculos, iluminação fraca, camas e vasos sanitários baixos;
  • Idade acima de 80 anos.

Se você identificou três situações entre estas que listamos, você tem 60% de chances de sofrer uma queda. Agora, se você apresenta quatro ou mais situações, você tem uma grande chance de cair (78%). Veja o gráfico abaixo.

Riscos de Quedas, Exercícios para Idosos

A dica agora é: se você tem a maioria dessas características ou vivencia algumas dessas situações, fique bem esperto a partir de hoje.

Se você deseja longevidade com uma vida de qualidade o mais assertivo é se prevenir, ok?

Uma dica: acesse o meu artigo sobre ‘3 exercícios de equilíbrio para idososclicando aqui e aprenda como prevenir esse problema de queda por meio de exercícios”.

Se você gostou deste texto, Curta e Compartilhe! Escreva seus comentários e dúvidas aqui embaixo.

E se você deseja receber mais dicas de exercícios para manter sua independência funcional, cadastre seu e-mail abaixo e receba os conteúdos em primeira mão.

[mc4wp_form id=”214″]

2018-02-09T14:13:37+00:00