Exercícios que previnem a Tontura em Idosos

Você tem sentido tonturas constantes?

Se sim, vale a pena conferir os exercícios que preparei para devolver a você o equilíbrio perdido e prevenir a tontura em idosos.

Como estes exercícios podem ajudar você a prevenir a perda de equilíbrio?

  • Se você sofre com perda de equilíbrio (tontura) constantemente;
  • Se você tem medo de cair e ficar com sequelas;
  • Se você cai com frequência e até já se machucou por isso;
  • Se você tem muito medo de perder o equilíbrio, sofrer alguma lesão e ter que depender de alguém depois da queda…

Você precisa ler este artigo agora!

Afinal, as quedas são uma das PRINCIPAIS CAUSAS DE MORTE entre as pessoas mais velhas. Elas também são responsáveis por outros grandes problemas como:

O declínio da saúde;
A dependência funcional e, consequentemente…
…a perda da qualidade de vida.

Mas os problemas não param por aí. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia revelou que:

  • 65% das internações causadas por fraturas em idosos são decorrentes de quedas;
  • 53% dos internados tinham mais de 60 anos, destes, 63% eram pacientes idosas.
  • 30% dos idosos com mais de 65 anos caem, pelo menos, uma vez por ano;

Os acidentes oriundos das quedas ocorrem com maior frequência dentro de casa ou próximo a ela. Sabe aquela sua saída até a padaria, ao supermercado ou ao banco? Então, é nesse trajeto que você pode cair.

Causas da tontura em idosos

Quando você envelhece, junto com a sua maturidade vem também uma série de situações que você até então não havia vivenciado e uma delas é a tontura. E ela pode ser motivada por alguns dos motivos abaixo:

  • Perda de força muscular;
  • Doenças que afetam a visão;
  • Perda de sensibilidade da pele;
  • Alterações neurológicas e cognitivas;
  • Doenças cardiovasculares e cognitivas (Alzheimer e Parkinson);
  • Medicação;
  • E até mesmo o sedentarismo.

Ok. Eu sei que o envelhecimento é inevitável e haverá perdas com ele. Acontece que você tem duas opções quando chega esse momento:

Você pode escolher ter todos esses problemas aos 60 anos ou você pode escolher ter tudo isso depois dos 90 anos, por exemplo. Ou quem sabe nem ter tantas perdas. Então, qual é a sua escolha?

Longevidade com qualidade

Se você decidiu por viver mais e com qualidade para curtir a família, os filhos, os netos, os amigos e a você mesmo, você precisa realizar exercícios físicos específicos para melhorar seu equilíbrio.

Quando você realiza exercícios específicos de equilíbrio você consegue estimular os mecanismos de controle do equilíbrio, melhorando as famigeradas tonturas e diminuindo o risco das tão temidas quedas.

Por isso, eu quero ajudar você agora!

Para que você tenha uma vida mais longa e, claro, com saúde, eu vou listar agora alguns exercícios para equilíbrio que vão prevenir e até mesmo tratar sua tontura.

Atenção! Se você está com crise de labirintite ou outros problemas de equilíbrio mais sérios, consulte um médico. Há casos em que realmente é preciso fazer um tratamento médico, ok?

Esses exercícios você pode fazer, inclusive, na comodidade da sua casa, no horário que for mais conveniente para você. O IMPORTANTE É FAZER!

Vamos lá?

Cuidados com a sua segurança antes de fazer os exercícios:

– Certifique-se de que o ambiente ao seu redor esteja livre de objetos ou móveis e que o piso não seja escorregadio ou irregular;

– Não faça exercícios sobre tapetes;

– Faça os exercícios sempre próximo a uma parede ou de locais nos quais você possa se apoiar, caso se desequilibre;

– Não faça exercícios se estiver com tontura ou se não estiver sentindo bem.

Confira agora os exercícios feitos para prevenir tontura em idosos:

1º. Bases de apoio – Você deve realizar esses exercícios em pé e ficar na posição por 10 segundos. Faça três séries de 10 segundos.

1.1. Pés juntos, um encostado no outro.
1.2. Um pé levemente à frente.
1.3. Um pé à frente do outro, encostando o calcanhar nas pontas dos dedos do pé de trás.

Se o 1º exercício estiver muito fácil, passe para o 2º e assim sucessivamente. Não tem problema usar os braços ou mexer o corpo para manter-se equilibrado. O importante é não mexer os pés.

2º. Alcance

– De frente para a parede, estenda seus braços à frente até que as pontas dos dedos encostem nela e dê um passo para trás.

– Mantenha os braços à frente e leve-os em direção à parede, mas não precisa encostar. É só a intenção!

– Quando começar a se desequilibrar, volte para a posição inicial sem tirar os pés do lugar.

3º. Multi-tarefa

– Ao lado de uma parede, com os pés juntos (como no exercício 1.1), feche os olhos e vire a cabeça para o lado esquerdo e direito.

– Faça três séries de 10 repetições.

4º. Sentar e levantar da cadeira

– Coloque a cadeira contra uma parede ou estabilizada de qualquer outro modo para evitar que se mova.

– Em pé, posicione-se como se fosse sentar na cadeira, cruze os braços no peito e faça o movimentar de sentar.

– Quando estiver quase se sentando, levante-se novamente.

– Faça três séries de 10 repetições.

Frequência dos exercícios

Faça os exercícios três vezes por semana durante 1 mês para ver os resultados.

Dica importante: olhe com atenção a sua casa e verifique se apresenta algum risco de queda. As principais causas de queda na própria casa são:

  • Ambientes com pouca iluminação;
  • Presença de tapetes;
  • Pisos escorregadios;
  • Escadas sem corrimão;
  • Cadeiras, camas e vasos sanitários muito baixos e sem barra de apoio;
  • Obstáculos no caminho (móveis baixos, fios no chão, tapetes etc).

Bem, estas foram as minhas dicas sobre os exercícios que devolvem o equilíbrio e previnem a tontura em idosos. Eu desejo sinceramente que eles ajudem você a prevenir ou a acabar com a sua tontura para tornar a sua vida cada vez mais saudável, segura e longa.

E se você deseja receber mais dicas de exercícios para manter sua independência funcional, cadastre seu e-mail abaixo e receba os conteúdos em primeira mão.

[mc4wp_form id=”214″]

2018-02-06T18:08:56+00:00