O segredo para reduzir gastos com remédios na terceira idade

O objetivo desse artigo é fazer você refletir quantos remédios toma por mês e tudo que poderia estar fazendo para reduzir gastos com remédios.  

De acordo com uma pesquisa realizada, quase 80% das pessoas entre 60 e 69 anos toma remédios de uso contínuo. Para quem tem mais de 70 anos, esse número chega perto dos 90%, sendo que, destes, 42,7% toma mais de 4 tipos de remédios.

Existe remédio para tudo: pressão, diabete, colesterol, depressão, artrites e artrose, dor, asma, anti inflamatórios, labirintite, tireóide, para afinar o sangue, osteoporose, vitaminas e não para por aí, essa lista continua.

Portanto, eu separei algumas informações importantes para você entender a gravidade do seu gasto mensal com remédios.

 

Gastos com remédios

 reduzir gastos com remédios

 

Além dos efeitos colaterais, o gasto mensal pode ser bem alto. Tem gente que gasta mais de mil reais por mês e não consegue encontrar alternativas para reduzir gastos com remédios.

Pessoas acima de 60 anos gastam mais da metade da renda com despesas em saúde. Esse gasto com remédio pesa no orçamento de muitas famílias. Pois, o dinheiro que NÃO sobra no final do mês pode estar indo para os remédios. 

Por isso, eu fiz uma conta para você ver quanto gasta com remédios por ano e em 5 anos.

reduzir gastos com remédios

São mais de TREZE MIL reais em cinco anos. 

Os preços dos remédios consultados são de baixo custo, oferecidos pelo governo. Além disso, não inclui remédios para diabetes, colesterol, artrites e artroses, respiratórios e vários outros. Portanto, é provável que o gasto com remédios seja ainda maior.

Já pensou quanta coisa você faria com esse dinheiro? Tudo que poderia fazer se conseguisse reduzir gastos com remédios? 

Certamente você poderia fazer uma viagem por ano, um curso, uma reforma na sua casa e até pagar suas dívidas. 

 

O remédio que cura

Sabe qual o maior problema dos remédios? Você vai continuar gastando esse dinheiro todos os meses, porque eles apenas aliviam os sintomas ou controlam a doença, mas não curam. Sem falar nos efeitos colaterais.

Mas, e se eu te dissesse que existe um remédio que cura problemas de saúde e previne doenças, você compraria ou tomaria?

Aliás, se eu te falar que esse bendito remédio ainda:

  • Retarda o envelhecimento
  • Emagrece e deixa seu corpo em forma
  • Elimina a dor nas costas e articulações
  • Fortalece os músculos
  • Melhorarem até 80% o equilíbrio
  • Controla a pressão arterial, diabetes, colesterol e osteoporose
  • Recupera a energia e disposição de quando você tinha 40 anos
  • Trata depressão, estresse e ansiedade
  • Evita e Perda de Memória
  • Previne doenças como câncer e Alzheimer em 30%
  • Reduz em até 60% o risco de morte precoce
  • Melhora o sono
  • Fortalece a imunidade
  • Aumenta em 5 anos a sua vida, com saúde, qualidade e independência

E claro, você vai reduzir gastos com remédios, diminuindo a quantidade que você toma diariamente, fazendo com que sobre mais dinheiro no final do mês.

Você sabe que remédio é esse?

O nome dele é exercício físico!

 

O segredo para reduzir gastos com remédios 

A ciência já comprovou que o exercício físico é o “remédio” mais importante para melhorar a saúde dos idosos, prolongar a vida e manter a independência funcional e a qualidade de vida.

Fazer exercícios físicos é muito mais barato do que comprar remédios, não tem efeitos colaterais que prejudicam a sua saúde (pelo contrário) e pode te dar algo que não é possível com os remédios: saúde, liberdade, independência e qualidade por toda vida!

Entretanto, assim como qualquer remédio, ele tem uma receita com o jeito certo de tomar. Por isso, para você reduzir gastos com remédios e ter os resultados que deseja, você tem que fazer o tipo de exercício mais adequado para sua condição física, fazer na dose, quantidade e intensidade certas e de forma contínua.

Para cada tipo de problema de saúde tem um tipo certo de exercício físico mais recomendado. Por exemplo, para quem deseja recuperar a força, combater a osteoporose e parar de sentir dor nas costas e nos joelhos, deve fazer exercícios de fortalecimento muscular.

Mas, para reduzir gastos com remédios não basta fazer o tipo de exercício mais indicado. É preciso também escolher os melhores exercícios para a sua idade e condição física, fazer na dose, quantidade e intensidade certas e de forma contínua.

Então, se você realmente quer melhorar a sua saúde e reduzir gastos com remédios, faça um programa de exercícios físicos desenvolvido especialmente para quem tem mais de 60 anos.

 

Programa de Exercícios para idosos

 reduzir gastos com remédios

 

Então, se você realmente quer melhorar a sua saúde, parar de tomar remédios e economizar dinheiro, conheça a Academia Online 60+, que conta com os melhores exercícios para quem tem mais de 60 anos e um acompanhamento especializado via whatsapp para dar todas as orientações que você precisa para ter os resultados que deseja.

Além de você fazer exercícios no conforto da sua casa, na hora que você quiser, o valor cabe no seu bolso!

Para saber mais sobre a Academia Online 60+, feito sob medida para quem tem mais de 60 anos e deseja recuperar a boa forma física, ter mais saúde e ainda economizar com remédios, CLIQUE AQUI.

Não deixe que a preguiça e o sedentarismo roubem toda a sua saúde e o seu dinheiro! Tome uma decisão pela sua vida e pelo seu bolso agora mesmo. CLIQUE AQUI

Um abraço e até o próximo artigo!

 

2019-08-23T09:31:00+00:00